sexta-feira, 18 de dezembro de 2009

E lá vou eu de novo...

É minha gente, embora eu sempre tenha abominado mudanças bruscas na minha vida desde criança, agora adulta ainda sou adepta a elas.
Uma meta que tenho desde pequena, é ter uma casa, um marido, filhinhos lindinhos e cabeludinhos e ter uma vida NORMAL.
Depois que me casar, pretendo morar no mesmo endereço a vida toda, formar uma familia sólida, como a que eu não tive.
Não, eu não reclamo da minha familia e minha criação, pois independente de todas minhas dificuldades, sempre tive um amor e carinho imenso, da minha mae e minha avó. E me orgulho muito disso e delas.
Porem as mudanças que tivemos, embora tenham sido sempre em busca de melhoras, nunca me deixaram felizes.
Meu coração já ta calejado de deixar coisas, lugares, pessoas que amo pra trás.
Como diz meu querido Dinho: “já me acostumei a esquecer tudo que vai”, mas no meu caso, sempre sou eu que vou, eu que preciso esquecer tudo que fica.
Relembrando agora o meu passado, vi que nunca fui deixada por ninguem, eu que sempre os deixei...Amigos... os verdadeiros tenho até hoje. Pois tempo e distancia, não acabam com o que é verdadeiro. AMOR eu deixei um... um que talvez tenha sido o grande e único da minha vida. Um que me ensinou o sentido dessa palavra, que me ensinou a gostar de ta junto, aprender junto, viver junto. Sim.. eu sinto muito essa falta. Pois desde então nunca mais senti o que é isso com ninguem, Mas sozinha aprendi, a me defender, a gostar mais de mim, da minha companhia, mas ainda não aprendi a me bastar. Não eu não sou feliz sozinha, bem que eu tento mas não consigo. Prefiro uma paixaozinha torta, a ter que ficar só. Porisso vivo me estrepando! Mas de tudo sempre tiro uma lição.
Agora estou em uma estrada, olhando o tempo la fora e pensando mil e uma coisas de mais um novo ciclo e um novo ano que ira se iniciar. E me sentindo triste por tudo que acabo de deixar pra trás.
Sim é bom essa expectativa do novo, do desconhecido, mas enquanto isso ainda não chega, fico com o coração partido por acabar de deixar mais uma cidade, mais pessoas que eu amo, mais amigos que fiz, amigos antigos que me fizeram tao bem por tanto tempo.
A vida é cheia de encontros e desencontros, e da mesma forma que encontrei alguns e reencontrei outros, tenho certeza que um dia isso possa se repetir, afinal a terra é redonda, e o mundo é tão pequeno afinal....
Então fica assim! A gente se ve la na frente.
Diretamente da estrada, passando por Ribeirão Preto rumo a São Paulo e deixando Uberlândia pra trás...
Lary

quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

hum... to sentindo cheiro de inspiração.

Aconteceu de novo!
Aquela velha impolgação, frio na barriga, espera de um telefonema...
O sorriso bobo, a cantoria o dia todo, lembranças do dia anterior.

Hoje acordei com um tombo! caindo da cama, e comecei a dar gargalhadas de mim mesma, olhando no espelho e achando a vida muito linda, muito boa.
Até fui as compras, sem 1 real no bolso, mesmo sabendo que nao tem salario no mes que vem. E que não tem papai e nem mamãe pra me salvar do monstro invisivel.
Mas deixa que com ele eu me resolvo depois.
Tava com vontade de comprar, comprar, comprar, me sentir mais bonita... quando to feliz adoroo fazer isso, e quando to triste tambem ! rs

Tudo acontece tão rápido, o mundo gira tão depressa, e os sentimentos vem e vão.
E eu sei que passa!
Sei que amanha poderá se tornar minha maior dor, vou ler e ter ódio de mim mesma por ter sido tão boba. É como um verso da Pitty que uma amiga me ressaltou: "To aproveitando cada segundo, antes que isso aqui vire uma tragédia"
Mas é tão gostoso, viver, sentir, aproveitar cada segundo desse sentimento.
E confesso, a tempos eu tava com vontade de me sentir assim.

Ta, eu sei que eu me apaixono muito facil, e porisso vivo me decepcionando, Mas decepção nao mata, ensina a viver.
E por mais que eu tenha um pé atras com todo mundo que aparece na minha vida, dessa vez eu não to com um pingo de medo.
Não vou dizer que é diferente. TODA relação é diferente, nenhuma é igual, umas são mais e outras são menos.
E de agora em diante tudo pra mim será MAIS, MAIS e MAIS.

Sei de todas as minhas qualidades como amiga, mulher, namorada, amante e o caramba a quatro! E não vou mais deixar isso escondido pra alguem, ou pra uma melhor ocasião.
O momento é a gente quem faz, e eu to fazendo o meu AGORA.

Isso tudo que descrevo aqui, é momentaneo.
Mas nada melhor do que deixar registrado, momentos, pessoas, coisas boas que vivemos.
E esse é mais um, que simplesmente to ADORANDO! Adorando estar apaixonadaaa... rs.

terça-feira, 1 de dezembro de 2009

Eu já sabia...

Sabia que São Paulo me faria bem.
que conhecer outra pessoa, curaria a tristeza de uma desilusão.
Sabia que eu tava precisando de carinho, de abraço, e atenção.
De compromissos, de segunda a segunda, mesmo que seja ir no barzinho atrás da faculdade comer frango frito, com a amiga gravida que estava com desejo.

Sim, nada como dar tempo ao tempo, agora eu só quero que minha vida volte ao normal.
Quero um emprego novo.
Um apartamento pra morar.
Minha rotina tão legal, e alguem pra amar!

é pedir muito?!

terça-feira, 24 de novembro de 2009

São Paulo...

É engraçado como em cada canto que eu vou, tem um pedacinho de mim, um pouco do que é meu.
Tenho 3 casas, ou melhor, morei em 3 casas, ter mesmo eu não tenho nenhuma. Rs.
Ontem cheguei em sampa, na minha antiga moradia
Olho pra um lado, e vejo minhas canecas que trouxe de lembrança de uma viagem.
No outro, o cinzeiro de maresias
Meu porta- insenso.
A cadeira rotatoria, a mesinha do computador.
Isso porque ja tem quase 6 meses que fui pra Uberlandia.

E quando lá cheguei, reencontrei todas minhas tralhas...

Na casa da minha mãe em Orlandia, são mais e mais coisas.
Fotos, ursinhos, lembranças e lembranças.

Isso porque eu tenho a mania, de me mudar, e levar apenas minhas roupinhas.. vou com uma mala, e quando chega o fim do ciclo, eu ja acumulei o triplo de coisas.
Cheguei a conclusao, de que não sou apegada a essas materialidades, nunca exito em jogar nada fora, ou deixar coisas pra tras.
Como diz o ditado: Se vão os anéis, mas ficam os dedos.
O que eu tenho hoje, pode não ser nada, mas com certeza em algum momento significou algo pra mim.

E isso são apenas coisas, coisas que te lembram algo, momentos, momentos que não voltam.

Tô respirando um pouco de poluição, quem sabe assim não me sinto melhor.

segunda-feira, 23 de novembro de 2009

Lavar a alma.


É disso que to precisando....
Como voces podem ter notado, eu reduzi e muito meus textinhos baratos.
Isso porque, a um certo tempo eu vinha vivendo algo, que nao me trazia boas inspiraçoes.
Hoje em dia, voce estar com uma pessoa, pode ser classificado de varias formas.
Rolo, ficante, peguete, P.A (pinto amigo), amizade c0lorida, pra depois vim namorado.... noivo e o por ultimo, MARIDO, ESPOSO e afins...
E esse meu ultimo 'relacionamento' digamos assim, só me deu dor de cabeça.
Desgosto, mentiras... brigas...
Eu sei que não sou uma pessoa fácil de convivencia, mas tambem não sou tão dificil assim. E quando tudo se torna dificil, complicado, algo de errado tem, e insistir no erro é burrice.
Quando acontece certas coisas na vida da gente, sejam elas boas ou ruins, com certeza junto vira um aprendizado, e é essa lição que precisamos tirar de tudo.
Hoje to me sentindo pesada, necessitando de um tempo pra pensar e decidir o que eu realmente quero pra mim. E é isso que vou fazer! To tirando meu time de campo, porque EU to precisando. Mas logo mais eu to de volta... cheia de amores e alegrias. rs. Me aguardem!

quinta-feira, 5 de novembro de 2009

Recebi!

Comprei duas raspadinhas, mas não deu nada.
Levei a priminha ao shop e comemos um MC.
Comprei uma base liquida de rosto.
Pó compacto
Apontador para lápis de olho
Esmalte vermelho
Lixa polidora de unha
Palito de laranjeira pra limpar o canto da unha.

Fui na Riachuelo, paguei a fatura do mês, e comprei:

Uma bolsa com estampa de cobra
calça leg (?) do tipo emborrachada (meia periguete) mas é legal.
Blusa cinza com estampa de onça colorida.
Blusa cinza caída de lado, com estampa preta de um rosto.
Blusa branca do Mickey pra amiga dar de presente pra mãe dela.

Fui a um banco e paguei a divida parcela de um ano.
Fui a outro banco e paguei um pouco da fatura do cartão de crédito.

Fui a lotérica, paguei a conta de agua, energia e o Bolaão da lotofácil de 3 reias que sorteia hoje a noite.

Mais o almoço, o lanche da tarde e o bilhete de onibus.

E acabo de me lembrar que esqueci de por crédito no celular, e de comprar o ingresso pro meu show preferido que terá sabado;

Isso, porque estou desempregada a 5 meses, e esse foi o ultimo que recebi o seguro desespero!

É... meu dinheiro sabe falar: TCHAU!
Sou a corajosa que tem medo de escuro.
Parceira, amiga, melhor amiga.
Mas não costumo te ligar e nem ficar dizendo que te ama em vão.
Sou solteira, mas nunca sozinha.

Como dizia Zeca Pagodinho: Tenho amores, e amigos de fato, nos lugares onde eu chego.

Não costumo mexer nas 'gavetas' alheias.Tudo na vida tem um QUE, POR ONDE, e PORQUE.
Nada do que me acontece é por acaso.
Nenhuma mudança é em vão.
Por falar nelas.
Sou uma mineira-goiana-paulista- e mineira de novo!
Já rodei bastante por esse trecho do país.
Estudei em tantas escolas que nem me lembro mais.
Conheci pessoas, lugares...Mar, Rio, Cachoeiras... eu sou da agua, sou do SOL!

Sou feliz da minha maneira, do meu jeitinho.
Tento me virar com as cartas que a vida me dá.
E com jogo de cintura consigo isso fácil.
Muita gente me julga pelo que vê, essa foto aqui ao lado por exemplo, voce pode ter olhado e tirado varias conclusoes.
Mas aposto que nenhuma delas diz exatamente o que eu sou.
Na verdade nem eu sei, seria muita petulancia de minha parte te falar isso.
Mas consigo traduzir um pouco, através disso aqui, de palavras, palavras escritas que se expressam melhor do que ditas.

Sou inocente, por mais que não pareça, acredito muito nas pessoas. Costumo dizer que todos são meus "AMIGOS". Colegas é uma palavra que nao existe no meu vocabulario.
Mas a vida por si só faz essa separação.
Não tenho inveja do que voce tem, do que voce é ou de como voce é.
O salão nos dá a chapinha, as luzes e maquiagem.
O médico nos dá a cirurgia.
A foto, a melhor pose.
O dentista, um bom sorriso
As lojas, roupas...

E Deus nos dá fé e força pra corrermos atras dos nossos sonhos, do nosso querer, nosso PODER.
Sem falar que aqui na terra, não somos NADA! do PÓ viemos, ao PÓ retornaremos.
Alguns valores não materiais, são muito mais importantes.

Gosto de sorrir, gosto de viver, de amar.
E tudo isso vai se formando um pouco de mim. Ou um muito de LARISSA - Essa que sou EU!

Que talvez voce goste, ou talvez não.
Mas pra mim, nada muda a sua opinião...

terça-feira, 3 de novembro de 2009

Um dia, minha mãe ganhou um livro de nomes e seus significados.
E nele, ela encontrou um bem sugestivo: L A R I S S A = Cheia de Alegria.

Ela disse: É esse que eu quero!

FIM! rs

sexta-feira, 30 de outubro de 2009

Hoje eu acordei com um cheirinho de feijão cozinhando.
e um radinho lá de longe tocava:

"E quando eu estiver triste, simplesmente me abrace"

E deitada na cama, me veio lembranças de um passado distante... mas feliz.
E do presente me veio a sensação de calmaria, bem aquela que vem depois da tempestade.
eu respirei fundo, aliviada de um medo que estava me consumindo.
O medo de perder a pessoa que mais amo.
E a certeza, mais do que nunca, de que a fé move montanhas.

Ultimamente minhas inspiraçoes haviam sumido.
As palavras me faltando
mas muitos pensamentos me tomando.

E mais uma vez as escolhas se alinham bem na minha frente,
ir e vir, ficar ou voltar.
Não sei...
Por incrivel que pareça, eu me acostumei com isso aqui.
estou feliz.

Mas continuo dando tempo ao tempo, e seja feito o que for melhor.

quinta-feira, 8 de outubro de 2009

Eu tenho um amor...




Um amor de adolescente.
Que ta longe.
Que só brigamos.
Que não sabemos ter um diálogo descente.

Mas que ta ali, firme e forte, como sempre!

Eu tenho um amor, que teve um filho
e não foi comigo.
Mas por culpa minha, que insisti em colocar uma mochila nas costas, e correr atras dos meus sonhos.
O filho não se chama Raul como seria nosso.
Mas é tão lindo quanto pai.

Eu tenho um amor, desenhado na minha pele, mesmo que minusculo, mas ele ta lá, pra demonstrar o quanto importante é sua passagem em minha vida.

Eu tenho um amor, que não fala sempre comigo.
Mas de vez em quando me liga no meio da noite pra dizer que ta com saudades.

Eu tenho um amor, que viaja horas pra me ver.
que sabe lê o meu olhar
conhece minhas vontades de cór.
E nossas brincadeiras que não tem sentido pra ninguem, nos matam de rir.

Meu amor, é um bicho do mato, tem a cara de mal, e o sorriso mais doce que eu conheço.
Um cheiro amadeirado, forte, delicioso.
Um estilo marrento, e um coração gigante.

Musicas, são o seu forte.
Temos milhares de trilhas sonoras, e me lembro de uma a uma.

A gente briga, se xinga e se ama.

E só eu sei a falta que sinto dele nas noites vazias, que me consomem.
Só eu sei a vontade que sinto de fazer minhas malas, e chegar na porta da casa dele e dizer: Pronto! Voltei, e foi pra ficar...

Ele me mata de raiva, me mata de alegria...e hoje, to morrendo de saudade!

E termino aqui, com um verso do Caio Fernando: "Aprendi também que o amor é feito de liberdade. É como ter, todos os dias, muitas outras opções. E ainda assim fazer a mesma livre escolha."

quarta-feira, 30 de setembro de 2009

Dos tempos da escola.



Uma era minha vizinha, a outra minha melhor amiga.
Eramos da mesma escola.
época do primeiro beijo.
de ficar rindo dentro do onibus.
Dos diários com paginas e paginas escritas.
Das mentirinhas contadas pra ir a uma festinha.
Das quermesses da igreja.
Uma se mudou pra Goiania.
Eu pra Goias e depois São Paulo
e a outra ficou aqui, na mesma casa, até hoje.
Trocavamos cartas na época em que o selo era 0,01 centavo.
Uma ligando pra outra, pra contar como foi a primeira vez.
Eram os unicos contatos que tinhamos.

O tempo foi passando, e a gente crescendo e se afastando.
E hoje, quase 10 anos depois, a gente se reencontra, na mesma cidade.
Mais mulheres, mais maduras
com objetivos e ideais...
quem diria! Esse mundo da mesmo muitas voltas.
Nos reencontramos com muitas vontades, sonhos e desejos...
desejo de aproveitar a vida até o ultimo segundo.
desejo de beber até cair.
de amar sem pensar no amanha...
É.... a gente ta junto! De novo!
Vamos ver o que será daqui pra frente....
Sei que as amo, como amei a 10 anos atras.

quinta-feira, 24 de setembro de 2009

O que não ficará de fora da minha biografia - PARTE I




Era um dia de final de semana, não me lembro se sabado ou domingo.
Deveria ter uns 4 anos de idade, mas lembro nitidamente como se fosse ontem.
Estavamos eu e a Alessandra, vendo tv no quarto da casa, debaixo de cobertas, a mãe dela que estava com a gente, saiu não sei pra onde, e disse que ja voltava, e que não eramos pra sair de onde estavamos..


E não saímos.... só fomos ate um quarto de bagunças, onde ficavam os brinquedos da Alessandra, achar algo pra brincar.
e em cima de uma estante velha no canto, haviam alguns jornais com uma caixinha de fosforos em cima.
Eu olhei pra ela, e ela olhou pra mim, com aquele pensamento: Voce ta pensando o mesmo que eu??

Foi quando eu disse: Duvido que voce tem coragem de riscar esse fósforo.
Ela respondeu: Eu tenho, quer ver??
E começou a riscar, um, dois, três... e quando eles ja estavam quase queimando o dedo dela, soltava no chao, que tambem estava cheio de jornais.

E eu me achando a mais esperta, disse: Não é assim!!
Tomei a caixinha das mãos dela, e comecei a riscar varios ao mesmo tempo, achando o maximo!!
Quando nos demos conta, o quartinho ja estava em chamas!!

Olhamos uma pra outra, do tipo: IH! FUDEU!

Fomos correndo e nos enfiamos em baixo das cobertas novamente.
Pois caso a mãe dela voltasse, iriamos dizer que a gente nao tinha saído dali.

E só saimos de lá, carregadas pelos bombeiros...
O fogo tomou uma proporção tão grande, que tomou conta da casa quase toda...
era um sobrado, e nossa sorte é que estavamos na parte de cima.

Quando saimos carregadas, uma por cada braço, começamos a dar risada, quando vimos que o jornal da cidade estava nos filmando.
Cidadezinha do interior de Minas Gerais, tudo vira notícia.
Lembro que o pai da Alessandra fez um escandalo com o pessoal do jornal, e disse que se fosse ao ar essa parte que mostrava nós duas, ele iria processa-los.

Fomos levadas pra casa da minha avó, que era um pouco mais pra baixo.
E ficamos sentadas na cama, comendo chokito e assistindo o circo pegar fogo, literalmente!

Alessandra era minha melhor amiga de infancia, tenho ela nas fotos de todos os meus aniversários até os 7 anos. era do tipo, inseparavel.
Mas devido a uma briga de nossas mães, um dia ela me cumprimentou, eu a olhei, mas não respondi.
Desde então nunca mais nos vimos e nem nos falamos.
Fiquei sabendo que casou e teve filho, um dia fui até a casa que me disseram que ela estaria morando, e coincidentemente, era a mesma que botamos fogo. Mas não tinha ninguem.

Já procurei no orkut, mas é difícil encontrar alguem com um nome tããão grande: Alessandra Maria Abrão Jorge Andraus.
E se casou mesmo, deve ter até mais um sobrenome.

Mas quem sabe um dia não a reencontro.
Pelo menos, se ela ler isso, saberá que nunca a esqueci.


Agora que não é mais segredo, não posso deixar de dar os parabéns a nova mamãe, mais lindaaaaaaaaaaaaa desse mundooo!!!!

Minha querida CAROLINDAAA!

Que esse bebezinho só te traga alegrias na sua vida.
Pois abençoada voce ja é!
Te amo minha flor.

E já são 1 da manha, e to esperando uma amiga que me ligou de Goiania, aos prantos, dizendo que não aguentava mais aquela cidade, e que estaria vindo pra Uberlandia (que pra mim é uma regressão gigante) e se poderia passar a noite aqui.
Ainda não sei o que pode ter acontecido, pois o credito dela tava acabando.
Já pensei em mil coisas... agora é só esperar.
Ela acabou de ligar.
ta chegando!


Beijos e mais beijos.... hoje foi o dia das amigas! rs

terça-feira, 22 de setembro de 2009

Desejo a você...


Quando estudava, li um poema uma vez que adorei, o tempo passou e eu o esqueci.
Agora depois de muito tempo, acabo de recebe-lo por email.
E continuo adorando, como a muitos anos atras.
Então aqui vai...


Desejo a voce...


Fruto do mato
Cheiro de jardim
Namoro no portão
Domingo sem chuva
Segunda sem mau humor
Sábado com seu amor
Filme do Carlitos
Chope com amigos
Crônica de Rubem Braga
Viver sem inimigos
Filme antigo na TV
Ter uma pessoa especial
E que ela goste de você
Música de Tom com letra de Chico
Frango caipira em pensão do interior
Ouvir uma palavra amável
Ter uma surpresa agradável
Ver a Banda passar
Noite de lua Cheia
Rever uma velha amizade
Ter fé em Deus
Não ter que ouvir a palavra não
Nem nunca, nem jamais e adeus.
Rir como criança
Ouvir canto de passarinho
Sarar de resfriado
Escrever um poema de Amor
Que nunca será rasgado
Formar um par ideal
Tomar banho de cachoeira
Pegar um bronzeado legal
Aprender uma nova canção
Esperar alguém na estação
Queijo com goiabada
Pôr-do-Sol na roça
Uma festa
Um violão
Uma seresta
Recordar um amor antigo
Ter um ombro sempre amigo
Bater palmas de alegria
Uma tarde amena
Calçar um velho chinelo
Sentar numa velha poltrona
Tocar violão para alguém
Ouvir a chuva no telhado
Vinho branco
Bolero de Ravel...
E muito carinho meu.


(Carlos Drummond de Andrade).


Hoje foi meu dia oficial do DVD.
Detonautas, Marco e Mario, O Rappa, Capital Inicial, Um beijo a mais e agora Um astro em minha vida.
Dia com chuva, nada melhor do que cama e dvd.

segunda-feira, 21 de setembro de 2009

Ta faltando algo...



... Mas é aqui dentro, dentro de mim.
Tudo mudou, mas tambem, tudo poderia ser diferente.
Só que não é.
Eu escolhi um caminho, que não vai dar em lugar algum.
Mas continuo caminhando, sem saber pra onde e porque.
Tenho picos de alegria, e de tristezas.
Me encontro no segundo.
O tempo não para, mas a vida sim, porque?
Nunca fui de reclamar, muito menos de barriga cheia.

Mas ta faltando... e ta doendo.

Se eu fosse fazer como antes, e pudesse escrever uma lista de presentes ao papai noel,
esta seria imensa.

Comecei a pensar em cada item. E já me cansei.

A TV esta ligada, mas não estou ouvindo, o barulho da chuva la fora é mais alto.
E assim caminha minha vida, ligada, pena que nao consigo me ouvir.

sábado, 19 de setembro de 2009

ZzzZZzzz....

Estava eu aqui, agora, tirando uma sonequinha, com o barulho da chuva (mais que merecida ) batendo na minha janela, e tive o seguinte (e esquisito) sonho.

Estavamos em uma festa no sítio, uma galera.. muita gente (até aí tudo ok)
De repente, passa no jornal nacional um flash ao vivo, de uma casa que estava tendo uma putaaa festa! Com Jorge e Mateus, Claudinha Leitte e até o Willian Boner.
Quando percebemos que essa casa era ao lado do nosso sítio, fomos correndo pra ver.

Todos queriamos um ingresso pra tal festa, até porque era em uma casa, e não tinha muita gente.

Fui com uma amiga, em cima do muro pra ver o que tava rolando.
E vimos uma cena bizarra de uma banda tocando em um cemitério, daqueles tipo americanos, e com um monte de homens, vestidos de judeus, se esfregando em cima dos tumulos...
Alguns começaram a tirar a roupa, e foi quando vi um magrelo, bem esquisito, com um metro de 'pipiu' era horrivel!
Alguns deles notaram que estavamos espiando, e começaram a vir atras.
Voltamos pra casa correndo, e foi quando encontrei um amigo, que disse que a tal festa, tava bem legal. E nos deu uma pulseira pra entrar,eu e outra amiga.

Fui pegar a mala pra dar um tapa no visual, trocar de roupa, me maquiar...
Mas a nossa casa estava cheia de gente ( dos caras que estavam trepando no tumulo) atras de meninas que estivessem afim.
Peguei minhas coisas e fui me arrumar na casa ao lado da nossa, dentro do mesmo sitio.
No caminho, encontrei uma antiga vizinha que não vejo a anos, se pegando com um carinha que conheci no ano passado, e que nem tenho mais contato.
Quando vi, dei uns puxoes de cabelo nela e dizia que era falsa. Que loucura! rs

No quarto que fui me arrumar, tinham 3 meninas, e uma estava sem roupa e tinha o corpo todo manchado do sol.
Chegaram mais algumas pessoas no quarto, e aquela situação toda ja tava me assustando... queria ir embora!
Foi quando meus tios chegaram pra me falar que estavam indo pra casa (só nessa hora notei que eles tambem estavam no sítio)
Dae eu disse pra me espararem, pois eu queria ir tambem.

Foi quando notei que a minha mala tinha sumido!
comecei a procurar feito doida, e pedia pro pessoal do quarto me entregarem, caso tivessem fazendo uma brincadeira...
Meus tios ja estavam no carro, e eu la procurando em tudo!
Pensando que tinham me roubado.
Dae uma menina, me falou que ela estava escondida do lado de fora, mas que nao era pra eu contar que ela tinha estragado a brincadeira deles.
E comentou, é impressao minha ou seu cabelo ta diferente hoje?
(fico impressionada com alguns detalhes de sonhos)
Eu respondi, é que eu o deixei enrolado por hoje.
E quando virei, ainda me perguntou: O que esta escrito nas suas costas? (Coisa que todos perguntam tambem)
' Minha fé é meu jogo de cintura '
Ah ta...legal.

FIM! Rs


Se alguem ae for bom pra decifrar sonhos, eu agradeço.

sexta-feira, 18 de setembro de 2009

Betty, a feia...



Eu tinha uns 11...12 anos, tava começando a parar de brincar na rua.

me mudei de cidade, casa nova, amigos novos, escola nova....e uma casa até que bonitinha.


Tinha um rapaz, moreno alto, do sorriso bonito que morava perto e povoava minha mente de menina.

Devia ter seus 20 anos, era novo, mas pra mim ja era um homem, e que nunca teve olhos pra aquela magrelinha feia, de cabelos escuros, meio cacheados e com o rosto cheio de espinhas.

Era primo de uma amiga, e viviamos fazendo brincadeiras sobre ele.


O tempo passou.... e foi muito engraçado a sua cara quando lhe disseram:
Você não lembra dela? A Larissa.... que morava na casa que era do seu pai.

Ele me olhou de cima em baixo, com aquela cara de bobo, meio de que, nao acredito que é voce?

Tudo bem, que não me tornei uma coisa que se diga: Nossa como ela é bela...
Mas quem me conheceu a 10 anos atras, e me ve hoje, realmente se assusta.
Lembro que uma época, que virei evangelica pois me apaixonei por um carinha da igreja.
Dei todas as minhas calças jeans pros outros, comprei saias e mais saias de todos os tipos...
Eu estava na pré adolescencia, meu rosto condenava isso mais do que nunca!
Ainda não tirava a sombrancelha, um cabelo esquisito... naquele tempo chapinha ainda era luxo!
Era uma coisinha bem estranha.
E o tal rapaz moreno, depois de ter visto tamanha mudança, já veio todo cheio de charminho.

É meu bem, o tempo passa, e o mundo da voltas.... hoje quem não quer sou eu!
Amanha quem sabe!

quinta-feira, 17 de setembro de 2009

Só não se esqueça como é curta a madrugada....



Hoje parei pra ler todos os meus textos desse blog,
e dar uma revisada na minha ' visão poética ' das coisas.

Percebi, que de poeta nao tenho nada.
Um pouco dramatica talvez.
Uma pitada de fantasia, e o restante de realidade.

fui rever meu antigo fotolog: http://www.fotolog.com.br/loirissa

que esta jogado as traças.
Mas revendo, vi quantas coisas e pessoas ja se passaram pela minha vida.

Quantos sentimentos alimentei,
decepçoes vivi,
alegrias compartilhei,
amigos conheci,
amores brindei....

E é engraçado ouvir de certas pessoas, suas opnioes de tudo isso.
De tudo que escrevo. Mesmo que seja de desdenho.

Claro, em meus textos sempre me refiro a um certo alguem, que em certo momento entoa meus pensamentos.
Mas momentos sao passageiros, assim como as pessoas, a vida é passageira, e estamos aqui pra desfruta-la.
E cada texto desse, vai se tornando uma pagina virada.


Enfim, nao era sobre isso que eu tava afim de escrever hoje!

To fudida com uma coisa e queria dizer aqui, tudo que acho, penso, sinto e NAO DEMONSTRO!
Mas não vou!
Assim como não vou fazer enquete com as amigas pra saber o que elas acham de quem ta certo ou errado.
Isso é uma coisa óbvia, não existe certo ou errado.
Tem pessoas e pessoas isso sim.
E se eu mesma abri a porta, é porque não pretendo mais voltar.
E talvez eu esteja sendo um pouco dramatica demais.

Mas é apenas pra relatar a ultima vez em que falo de voce, nessa coisa aqui que chamo de blog.

Afinal, voltamos pra Junho não é mesmo??


Contrariando o post passado, hoje vou me maquiar, dar um jeito no cabelo, colocar o meu melhor salto, e vestir uma roupa legal.
Vou sair, dançar, beber, cantar, me divertir....vou me distrair.

Quero que essa cidade se exploda, e que eu vá junto.
Essa vida morna, beirando os 32 graus, ta me cansando....
Preciso de novas e fortes emoçoes.
Preciso morrer de rir.
Me desmanchar de chorar.
Quero que o meu pé doa, de tanto dançar.

Mas tudo que eu mais queria agora, era voltar pro meu lugar.

Hoje eu to arisca! Mantenha distancia.

segunda-feira, 14 de setembro de 2009

Festas da vida.


Olho no espelho, e vejo minha maquiagem toda borrada...
meus olhos pretos, com restos do rimel que passei.
São vestigios da noite anterior que ficaram em meu rosto
Acho que to ficando velha precocemente, saio e não me divirto o quanto eu queria.
beber não tem mais tanta graça.
Paquerar muito menos...
Acho tudo um saco, e não vejo a hora de estar na minha cama.
Minha cabeça dói, e acho todo mundo muito bobo, fútil.
Não me apetece.
Quando saio, extravaso, bebo até nao poder mais
no outro dia me bate o arrependimento... tenho depressao pós balada.
Penso que nao vou beber nunca mais.
Que nao quero sair tão cedo
Nessas horas, sinto uma falta tremenda de ter um namorado pra ficar quietinha em casa no sabado a noite, deitada de conchinha assistindo filme.
As vezes sinto isso, mesmo estando dentro de alguma festa.
Essa vida cansa, e eu ja me esgotei.
Mas é a minha valvula de escape pra me distrair, fazer algo diferente, combater minha carencia.
O que da na mesma, pois mesmo entando rodeada de pessoas eu ainda me sinto só.
Hoje foi um dia assim.
Acordei com essa depressao, e com a certeza de que preciso logo por minha vida no lugar.
To cansada, não quero mais viver isso.
Quero algo diferente. Quero MAIS!

sexta-feira, 11 de setembro de 2009

Esse meu ciúme.

Eu sou tão boba, que quando me interesso por alguem, fico vasculhando tudo dessa pessoa. Fico querendo saber mais, conhece-la melhor, saber seus gostos e afins.

Mas quando menos espero, acho algo que eu nao gosto...

Uma foto, um comentario, um recado...ou qualquer detalhe que seja, me machuca!

Já cansei de promoter pra mim mesma: Não vou mais olhar a página de fulano, pra eu não me machucar.
As vezes até consigo, em outras a curiosidade ganha.

Ontem mesmo, conversando com uma amiga, estavamos falando de paixoes.... dae ela lançou uma pergunta: E fulano? Voce quase nao fala mais nele...
(detalhe, mulher apaixonada fala dos pretendentes a todo momento pras amigas)
Dae eu falei... Ah, sei lá....

Ela ainda me disse: Nossa, eu queria ser assim como voce, mas nao consigo...

Eu me envolvo, me apaixono, me entrego.... me deixo ser conquistada.
Mas dae vai passando um tempinho (curto eu diria) e a pessoa não da mais tanto valor, e toda aquela atenção que eu gosto. Dae vai me desiludindo...
Um exemplo que me desilude: Pagina de recados, cheia de recados femininos...

( Oi, adorei a festa ontemmm) Aff...

Ta bom, eu sei que nao to namorando o cara, nao tenho nada serio com ele, e nem um contrato de exclusividade.
Mas eu nao gosto caramba, tem algo de mal nisso??
E por eu nao gostar, eu ja coloco na minha cabecinha: DESILUDE, DESILUDE, DESILUDE

Outra coisa que aprendi nitidamente nos ultimos dias, é que aquele seu ficante amigo, ou amigo ficante, não é tão seu amigo assim....
voce nao pode falar de TODOS os assuntos com ele, ae voce me diz: Mas isso é óbvio.
Tudo bem que seja, mas falar de assuntos que falavam antes, ja não rola mais...
Lição do dia: COMENTAR SOBRE EX, NUNCA MAIS.

Dia desses, observando alguns casais de namorados, fiquei com uma certa inveja... e pensei: Sera que eu ainda SEI namorar??
O que será que ha de errado comigo, que nenhum relacionamento vai pra frente?

Ainda vi o orkut de alguns ex-rolinhos meus, todos namorando, foto de casal no perfil....
me bateu uma tristeza sabe?
Mas tipo, aquele cara ali não era pra mim....não adiantaria eu forçar uma situação.

Enfim, ando me apaixonando, me desiludindo e com saudades.

Quando penso que meu coração ta descongelando, de repente ele vê algo, e para, fica no mesmo lugar...

E enquanto isso, ele fica aqui. Querendo e ao mesmo tempo inseguro...

quarta-feira, 2 de setembro de 2009

Tenho andado feliz ....

Por estar onde nunca quis ter saído.
Ao lado das minhas amigas que eu AMO.
Por ter conhecido alguem que ja me fazia bem mesmo de longe.
Por estar sorrindo todos os dias.
Ter revisto meus amigos loucos, com seus funks malucos e que nos matam de rir.

Tenho andado feliz...

Pelo sol que esta aqui, batendo na minha janela.
Pelos andares de escada que eu subo todos os dias.
As ligaçoes que recebo, as mensagens de sempre.
E algumas preocupaçoes nada rotineiras.

Tenho andado feliz...

Em ver a felicidade de pessoas que eu amo.
E poder estar aqui ao lado, e dar um abraço de PARABENS!

Tenho andando feliz....

Por possibilidades que estão vindo.
Esperanças que estão surgindo.
E algumas mascaras que estao caindo.

Tenho andando feliz...

De estar aqui sentada no sofá
Em meio a um turbilhão de bagunças que nao sao minhas.
E por estar ouvindo o barulho, quase insuportavel, dos onibus passando aqui na rua.

Tenho andado feliz...

simplesmente por estar aqui.
por estar perto.
por estar bem.
por estar com esperanças.
e por estar FELIZ!

Como dizem: a felicidade é o caminho, e não um estado fixo.

Porisso eu digo: TENHO ANDADO FELIZ =)

segunda-feira, 31 de agosto de 2009

A conselheira amorosa.


Algumas histórinhas.

Lary, preciso te contar uma coisa...
O que foi?
Eu fiz merda ontem...
saí com fulano, não resisti e agora to aqui sofrendo, porque sei que ele nao vale nada, mas eu não consigo dizer não.
Ele tem namorada, e insiste em me dizer que não tem nada com ela, mas eu sei que tem!
Mas se voce sabe que ele tem, então porque o atende? porque sai com ele, se ele NUNCA te leva a sério?
Porque eu gosto dele....Mas eu quero reverter essa situação e não sei o que faço, me ajuda!
Mas de quem você gosta mais? de você ou dele?
Porque enquanto voce não se der o devido valor, ele nao vai te dar....
E ele sabe que voce gosta, e que nunca diz não.
Então pra que ele mudaria essa situação, se esta comodo, ficar com a namorada, e com voce de vez em quando?
Acorda pra vida, e sai desse mundinho cor de rosa, a historia de voces ja tem anos, e se nunca mudou, foi por culpa sua!
Passe a gostar mais de voce antes de tudo, e colocar um basta nessa situação é a melhor maneira de reverter tudo isso.
Essa é só mais uma das diversas historias de amores e desamores que as pessoas me contam.
Descobri que sou uma boa ouvinte, pra "causos amorosos", acho que a minha acida sinceridade, faz bem nessa hora.
É fácil entender a situação dos outros, estando do lado de fora, vendo como o bonde anda...
difícil é quando é na nossa pele.
Na teoria é sempre moleza, mas na pratica não é bem assim.
Quando se trata de coração, o assunto vai longeeeee...
Se gostamos, realmente é muito difícil resistir.
Mas existem certas situaçoes, que cortar o "mal pela raiz" é a melhor forma.
Como em vários outros casos....
Se levou um pé na bunda: Levante a cabeça e siga em frente, dói, mas não mata... ninguem nunca morreu de amor... e NÃO LIGUE! JAMAIS! Se a pessoa tiver de voltar, ela volta, mas as chances são bem menores se ficarmos indo atras. Talvez ela volte por dó, e eu não quero um amor assim, voce quer?
Se ele só te usa: A melhor forma é usa-lo tambem, mas sem envolver sentimento.
Se voce gosta do cara, e isso não é recíproco, então caia fora...
Agora meu bem, se voce ta sozinha, eu não to fazendo nada e nem voce tambem, não vejo nada de mal nisso. Mas por favorrrrr não vai se apaixonarrr!
Se ele não te dá valor: Pare e preste atenção na sua situação, você se dá o devido valor?
Isso acontece muito com gente que deixa o que tiver fazendo, pelo outro, pra fazer as vontades dele...E isso nunca é certo.
Devemos gostar mais da gente, SEMPRE, só assim alguem gostará de nós.
Mas o melhor da vida mesmo, é se entregar.... se envolver, sem medo do que vem depois.
Duas pessoas me falaram que eu estou "fechada para o amor"
Talvez eu transpareça isso, mas quem me conhece mesmo, sabe que não é bem assim.
Tudo depende de situaçoes, de pessoas, de vontades...
TUDO DEPENDE.
Pra mim e pra todo mundo.
Enquanto escrevia esse texto, ouvia mais uma das inumeras historias...
bem parecida com essa que falei ae em cima, vou citar um pedacinho da conversa:

FULANA diz: não sei de mais nada... como agir com ele
parece q quando eu esnobo, não falo com ele, não dou noticias..aí ele vem atras de mim
mas aí quando ele vem..eu não resisto
droga amiga!!!
Eu preciso da um jeito nisso...
É o amor não é um assunto nada fácil de se discutir! rs
Lari

domingo, 23 de agosto de 2009

Me verbalizando.


Me ame.
Me sinta.
Me fale.
Me ouça.
Me cheire.

Me leve.
Me beije.
Me devore.

Me aqueça.

Me ligue.
Me esqueça.

Me leia.
Me escreva.
Me chame.
Me chateia.

Me namore.
Me amole.
Me escolhe.
E não me deixa.

Nosso estranho amor.

Meu celular toca e voce me diz: To aqui na porta.
Depois de viajar algumas horas, voce chega, com seu jeito de sempre.
Enquanto eu, parecendo uma criança cheia de saudades, corro pra te dar um abraço.
Seu cheiro, seu perfume que eu adoro. Tudo como sempre!
Você com seu jeito fechado e sua cara de mal, a mesma que me fez apaixonar a muitos anos atras.
Fica tímido quando te convido a entrar, como se já não fosse de casa.

A gente sai cidade a fora, sem rumo.. sem direção.
Suas musicas antigas, nossas musicas de sempre.
A gente se olha, as vezes como estranhos.
As vezes como velhos conhecidos.
Brincadeiras de sempre.
Briguinhas pelo mesmo motivo.

A gente se cobra, a gente se ama, mas não estamos perto.
Você quer me levar com você.
Pede pra eu pegar minhas coisas, e voltarmos a ter a nossa vida.
Ou construir uma nova.
Mas eu, que nunca tenho medo de me arriscar, bambeio as pernas diante dessa situação.

Nas noites frias, quando eu mais sinto sua falta.
só penso em estar ao seu lado.
Nos dias quentes, tenho medo de me arriscar a tanto.

Você lê o meu olhar.
Entende o meu sorriso.
Já se acostumou com meus pitís, que são muitos aliás.
E eu me viro e pergunto: Porque voce gosta de mim?
Porque gosto, apenas isso.

Apesar de sermos opostos, sempre! A gente tem muito em comum.
Aprendemos juntos a amar.
A crescer
A compreender.
Voce me proteje, e eu te protejo.

E enquanto nossa familias, torcem pelo nosso "final feliz"
Eu sinto que ainda nao chegou ao final.
Mas tambem sei que esta na hora de sermos felizes.
Independente de como.

quinta-feira, 20 de agosto de 2009

Devaneios.


E eu pergunto se posso ir até você, e vc me diz venha!
Entro, fecho a porta e me encosto na mesa, esperando uma reação sua.Você me olha sério, enquanto eu te dou um sorriso e te chamo pra mais perto de mim.
Você se levanta um pouco tímido, e se aproxima. Ousadamente me sento na mesa, enquanto te olho nos olhos e passo a lingua levemente nos meus lábios. Te conto que a tempos você atormentava os meus pensamentos, desejos, fantasias...E voce diz ao meu ouvido que imaginava isso e muito mais.
Se aproxima da minha boca, e me arranca um beijo, mas não era um simples beijo, era quente, intenso, com vontade, com desejo.....
Aproximo o meu corpo do seu, a gente se encosta, se sente. Seu corpo esta quente, só não mais que o meu.
Você acaricia minhas pernas cobertas apenas pela minha saia, enquanto com a ponta dos dedos tenta levanta-la.
Meu salto alto mexe com a sua imaginação, assim como meus olhos pintados de preto, e o blush que passei pela manhã.

Nossos beijos cada vez mais ousados. Enquanto iamos nos deixando levar pela vontade que ja tomava conta dos nossos corpos,a muito tempo.Entre pequenos intervalos, ouvia-se o sussurro de pensamentos e desejos.Você me olhava no olhos, ao mesmo tempo em que acariciava minha nuca, meus cabelos...

a porta não estava trancada, e o nosso medo de que pudesse chegar alguem a qualquer momento só atiçava ainda mais.

Meus pensamentos vão longe, e essa coisa de imaginar situaçoes como essas, é uma tortura.
Então vou dormir, com vontade!

segunda-feira, 17 de agosto de 2009

Paixão safada

Quero escrever, mas não tenho muito a falar.
Sei que hoje eu acordei com uma vontade imensa de me apaixonar.
Me identifiquei com a pin up da foto.
Na verdade fiquei com uma pontinha de inveja da cara de apaixonada que ela está.
Parece ser aquela paixão safada.
Que é uma mistura de amor, sexo, atração, liberdade.. Tudo isso junto e recíproco!
Que voce não precisa ficar fazendo tipo, ou joguinho de esconde-esconde.

Acordei com uma saudade de alguem que eu ainda não conheci.
De um sentimento que eu não lembro nem qual foi a ultima vez que senti.
E com uma vontade de receber uma ligação de um desconhecido.

Essa coisa de mudança de cidade, também nos faz mudar os pensamentos, alguns ideais...
Sinto que os meus estão em uma constante transição.
E o meu coração que já tem sua capa protetora anti-sofrimentos tabajara, está disposto a se arriscar novamente.
Acho que na verdade ele sempre esteve, o problema foi que não apareceu ninguém capaz o suficiente de derrete-lo.

Isso de atração carnal, é até legal, mas só ali no momento.
É um sentimento ligeiro, que não arranca suspiros do coração.
É facil se apaixonar por alguem assim, mas vale a pena mesmo, se atirar em um abismo que você ja tem consciencia de que não tem fundo?
Não, não vale...

Mas não to cansada de esperar, não to cansada de viver, de me divertir.
Só to com vontade de dedicar todo meu carinho a alguem que mereça de verdade.

E enquanto não aparece, o guardo todo pra mim, ou melhor, dentro de mim.

segunda-feira, 10 de agosto de 2009

Das viagens.


Depois da noite passada que citei no texto anterior, acordei bem cedo, ja toda emocionada com a notícia de poder vir novamente a São Paulo. Só de me recordar já me inundei em lágrimas, depois de alguns trancos e barrancos, enfim chegamos!
Ao entrar no meu quarto, me vi aos prantos, de saudades das minhas coisas... minha vidinha...minhas lembranças.
Olhava meu mural de fotos, minhas bonecas, minhas bruxinhas. Tudo do meu jeito.
Não me contive.
Rever minhas amigas do coração então, foi o ponto alto da saudade.
Ah tempos que não sentia uma dor tão forte assim.
Ah tempos que não chorava de saudades....
Não chorava por estar matando-a.
Confesso que me inundei!
Fui visitar um lugar que adorava, liguei pra um, dois, tres amigos.
E nada como reve-los.
Sim, eu sei que novos amigos se conquista, logo, com o tempo.
E eles estarao por vir.
Mas nada como os velhos, as amizades conquistadas, e os frutos delas.
A saudade me consumiu por esses dias.
e senti-la tão nítida assim, acalmou demais meu coraçãozinho que andava tão triste.
Agora ja tomei um folego, e posso voltar de novo pra Minas, e tentar mais uma vez, mas apenas TENTAR, pois eu decidi pela minha felicidade.
E se ela não estiver lá, logo eu to de volta.
Sim, as malas estão prontas, mas vou deixar metade delas.
Esse texto me lembrou um que fiz a 3 anos atras, antes de vim pra São Paulo.
E deu no que deu.
Então... nos veremos no caminho!

sexta-feira, 7 de agosto de 2009

essa noite.

Sentada no chão, em um canto da sala, ouvindo alguns sons que vem do sono dos outros
e tentando teclar o mais delicado possível, pra não poder incomodar a quem não está sem sono como eu.
Pego meu cigarro esporádico, com seu cheiro doce, mas desisto de acende-lo depois de não encontrar o fogo.
As luzes ja foram apagadas, e tenho medo de que minhas oraçoes não sejam atendidas por eu não rezar no escuro.
Aprendi quando era criança que isso é uma falta de respeito.
Mas melhor rezar no escuro do que não rezar, certo?

Começo a procurar coisas interessantes, que possam me distrair enquanto seu lobo não vem.
E acho alguns dizerem que me cabem nesse momento:

'tantas garrafas, tantas viagens, tantos amores, oh Deus, que sereno inferno esse de lembrar o bom de antes quando nem sabíamos que acharíamos bom um dia. E seria? Cuidado, o Tempo mascara o duro.' ( Caio Fernando )

Confesso que as lembranças, andam tomando conta dos meus dias, e não consigo prever os que vem pela frente.

Arrisco até a dizer, que 2009 não foi o meu melhor ano. Ou por um lado até foi.

Me sinto mais madura, mudei minha forma de pensar em relação a várias coisas.
Enxerguei melhor algumas amizades que eu pensava ser verdadeiras e no fundo não eram, só me traziam energias ruins, as quais só pude notar de longe.
Conheci pessoas do bem.

Nesse ano aprendi também, que eu tenho um jeito diferente de tratar as pessoas que amo.
E esse eu pretendo aprimora-los daqui pra frente.
Ah e eu também não amei, do tipo de amor homem x mulher.
Não tive alguém do meu lado pra dividir meus momentos bons.
Até tive, mas por um ou dois dias. E depois a gente ia.....Cada um pro seu lado.
O que deixava meu coração bem por até uma semana.
E logo ele se gelava de novo.
Vi minha família por diversas vezes.

E agora tenho a oportunidade de nos unirmos novamente.
Todos juntos. Como a 8 anos atrás.

E é porisso que eu digo que meus proximos dias serão uma surpresa.
Como costumo dizer, uma pagina em branco.
Com um breve resumo nas paginas anteriores.

Comecei um texto pra não falar nada, e acabou saindo uma carta de meio-fim de ano.

E acho que seu lobo ta chegando, então vou ficar por aqui, antes que ele passe e se esqueça de mim.
Diria até que é criativo isso.

quarta-feira, 5 de agosto de 2009

Ó céus....




Ultimamente venho admirando o luar...
Quando a noite chega, saio e fico olhando e olhando e olhando.
A noite tão clara, a lua irradiando beleza.
As estrelas vestindo seu melhor brilho.

A poucos dias me lembrei de um fato engraçado de quando eu era pequena.
Minha mãe me dizia que a maior estrela, se chamava Dalva.
E tinhamos uma vizinha com o mesmo nome.
Então cheguei a incrível conclusão, de que a estrela recebeu o nome de Dalva, porque a Dalva era gorda! E a estrela grande.
Dalva, a estrela! rs

E por mais sem graça que tenham sido minhas noites, confesso que apenas de olhar para o alto, sinto uma sensação incrivel.
Isso as cidades de interior tem de mais belo, o céu, o por do sol, as estrelas.

Todas as manhãs, me dou ao luxo de acordar, vestir um biquine, e deitar por meia hora embaixo do sol. Que nesse inverno ta mais escaldante que tudo!
Adoro me ver no espelho com o bronze em dia.

Aliás, ando adorando tudo que me faz bem.
Hoje mesmo, fiz uma panela de brigadeiro, e comi até enjoar.
Acordo a hora que sinto vontade.
Assisto os programas que quero, até a hora que bem entendo.
E essa abstinência de saídas, até que tem lá o seu lado bom!
Não gasto, e nem bebo.
Na vida, as vezes precisamos tirar um tempo pra nós.
Independente da situação em que nos encontramos.
E esse é o meu.
Parei pra respirar, e continuar a caminhada.
Ah, e você ja viu como a lua ta linda hoje?


sábado, 1 de agosto de 2009

EU TE AMO.


Não tem nada que me irrite mais, do que gente que diz: Eu te amo, da boca pra fora.
Amar é um sentimento tão puro... tão forte...um sentimento verdadeiro.
E não uma mera palavra de carinho, que tem no dicionário, para que voce possa usa-la e direciona-la a todas as pessoas que voce conhece.

Tem gente que conhece alguem numa noite, e no dia seguinte já diz que a ama.
Seja do outro sexo, amigos e afins.
E não é assim que funciona o andar da carruagem.


Tudo bem, cada um fala e faz o que quiser, temos livre arbitrio pra isso.
Estou apenas dizendo o que EU penso.

O que nos leva a AMAR uma pessoa, é o tempo, as atitudes, os gestos....as demonstraçoes de carinho que temos um com o outro.
E não porque você conheceu uma menina, ela é legalzinha, se deu bem com voce, e ja te leva a pensar: Nossa voce é uma amigona, e eu AMO voce!!

Quando se trata do sexo oposto então a coisa é pior.
Não é porque o cara é lindo, apaixonante, te trata bem.. que voce ja vai achar que o ama.
Pior ainda se voce diz isso a ele.
Só conta pontos negativos pra voce, quando se demonstra tanto sentimento.

As pessoas me dizem que eu sou fria, minhas amigas principalmente.
Por eu não demonstrar o quanto gosto delas, e o quanto são importantes pra mim.
A questão é, eu não falo EU TE AMO, por falar, eu não digo que AMO se nao amo....
Não banalizo a palavra: AMOR.
E sim, eu sei que minha sinceridade fere as vezes.

Mas antes ser assim, do que ficar puxando saco de gente que não me agrada tanto, de ficar dizendo frases formadas, que não vem do meu coração.
E ficar querendo forçar uma situação que não é real.

Pra me conquistar, como mulher e como amiga, só com o tempo, só com atitudes verdadeiras.
E pode ter certeza, que quando voce ouvir de mim, Eu te amo, será verdadeiro.

Enquanto uns e outros, o tratam como algo tão comum. Pra mim, o amor continua sendo o unico sentimento verdeiro que nutrimos por alguem.

quinta-feira, 30 de julho de 2009

Dos momentos que vivi

Uma coisa que não costumo fazer, é ficar olhando fotos de orkut do pessoal.
Sempre vejo de primeiro momento, quando adiciono, ou quando quero pegar alguma.
Mas hoje por distração, comecei a olhar as fotos de várias pessoas.
E notei a quantidade de fotos que eu também estou inclusa, no orkut delas.
Engraçado que o de todos que eu olhava, tinha uma foto minha, seja nova ou antiga...
E isso me trouxe uma certa felicidade, ou tristeza não sei...

Fiquei feliz em ver quantas pessoas eu conheço, por mais que me sinta a mais carente do universo de vez em quando.
Feliz em ver quantas gostam de mim, afinal ninguem coloca foto de alguem indesejável na sua pagina nao é mesmo?
Percebi que os amigos antigos não me esqueceram.
Que os atuais me consideram.
E quanta coisa boa eu já vivi.
Até ouvi uma coisa legal outro dia, que dizia assim: " Todos os amigos que eu fiz aqui, foi você quem me apresentou "

Mas por outro lado também fiquei triste...
pois me bateu uma saudade imensa, de tudo que passou..... é bem aquela frase de praxe que diz: " Eu era feliz e não sabia " Mas no meu caso, EU SABIA.
Sou ciente do quanto sou abençoada por Deus, nos meus momentos de luta, de busca e de conquistas.
Dae me bateu aquela vontade de sair abraçando cada um dos que participaram dessa minha historinha de vida até hoje, dar um super beijoo daqueles apertadãoo de esmagarrr, e dizerrrr Obrigada... Obrigada por tudooo!!!

Nenhuma dessas pessoas passaram em branco.
E eu tenho a feia mania de não dizer a elas, o quanto eu gosto, o quanto eu sou feliz por elas fazerem parte da minha vida.

Eu gostaria de conseguir traduzir em palavras, tudo que eu sinto, revendo essas fotos, relembrando os momentos.
Festas, shows, amores, sítios, praias, minha casa, casa de amigas, rodeio, academia, restaurantes...
Me vi em tantos lugares que passou um filminho em minha cabeça.

e desse filminho saiu esse post, e essa foto que é um pouco diferente, mas que me lembrou o quanto esse momento foi feliz...

E são assim, de momentos e memórias, que vamos construindo nossa história.

quarta-feira, 29 de julho de 2009

E voce me veio...


Com uma flor...

dessas baratas que se compram em bar.
O garçom te deu os parabéns, e disse que não existem muitos homens como você.

Grande engano o dele.

Você é o tipo que mais tem por ae.
Daqueles que te levam pra casa deles, te tratam como princesas, te diz suas qualidades, e defeitos.
Te empresta as camisetas preferidas, e até uma samba canção.
Senta-se no sofá e começa a tocar o violão, cantarolando musicas e musicas, com aquele sotaque bonito de gente de televisão.

Conversam sobre amores vividos, amores presentes e desejos futuros.
Idades...músicas..cidades e experiencias...

Traz uma toalha rosa pra voce se enxugar do banho, e te prepara o café da manha.

Ele é daqueles que talvez te ligue no dia seguinte, talvez mande uma mensagem, ou talvez se lembre de você 3 dias depois.

Gosta do que voce escreve, gosta do seu cheiro, do seu jeito.

Mas também gosta que você não goste dele. Essa é sua unica exigencia: Não gostar.
Aliás, voce pode até gostar, por alguns momentos, uma noite, ou um final de semana talvez.

Aí o dia amanhece e é hora de acordar, você chama um taxi e vai... vai e esquece.

Pois as melhores paixões que vivemos, são essas, as apenas MOMENTÂNEAS.

quinta-feira, 23 de julho de 2009

Por onde andei....


Meia noite...
Acabo de tomar um banho pra me refrescar desse calor infernal de um inverno, que mais ta parecendo o auge do verão.
Parei pra refletir sobre meus ultimos dias, minhas “férias” que a tempos não tinha...
Uberlândia, Itumbiara, Goiânia.... Ah Goiânia...
Sabe quando voce visita um lugar, e depois fica muito tempo sem voltar, e fica lembrando de cada detalhe, de cada pessoa?
Já notou que quando imaginamos, vemos os lugares bem maiores do que realmente são?
Isso é muito interessante.
Eu parecia uma criança indo a um parque de diversões.
Nem acreditava que depois de anos, voltaria á aquele lugar que adorava tanto.
Cheguei ao shopping,encontrei minha amiga de anosssss, mas que a conhecia só por internet, é engraçado esses encontros virtuais.
Quando nos encontramos pessoalmente, a gente fica com vergonha, com receio...sei la...
Mas depois de tanto combinarmos, enfim o dia chegou.
Ela era exatamente como eu já conhecia por aqui. Foi divertido, foi legal...
No outro dia fui rever minha amiga de escola, amizade de tantos anos, que faz parte daquelas que serão pra sempre em nossa vida.
Me levaram a uma balada sertaneja ( o que seria de Goiás sem o sertanejo?)
Segue o video...

http://www.youtube.com/watch?v=yq3BR6UTptU&feature=related

Me apresentaram o cozumel... rs
Depois teve x-tudo com molho de pimenta...hummmm e teve até outro vídeo bem loco!!

http://www.youtube.com/watch?v=1UJG5cueM0k&feature=related

Depois rever pessoa amada....família que não via a anos, ser bem recebida novamente...isso não tem preço.
Feira da lua, compras...badulaques.
Barzinho, e a menina toda hora me dizendo que eu tinha “style praia” rs
Comemos feito lobos famintos, era tudo muito gostoso, muito barato...hotel barato e vagabundo.
Mas voces cairam da cama? Rs

Amigas novamente, salgadinho de milho, cerveja que não acaba.
Porre da amiga, e x tudo novamente.
Sensação de não querer ir mais embora, cidade que parece São Paulo, mais bonita...mais moderna.

Vou embora hoje. Não...vou amanha.
Vou ficar aqui sem fazer nada, só pra sentir mais um pouco do gostinho.

Ahh mas que menina prendada. Rs

Não vai embora não..fica mais. Preciso ir...Mas eu volto logo.

Ahhh se volto!

Lari Lacerda

quarta-feira, 15 de julho de 2009

Procurando um caminho pra seguir, uma direção....



Meu coração está triste, esse que pouco fica assim.
Acabo de acordar, e me pergunte o que vou fazer hoje? NADA!
E isso pra mim é o fim.
É muito bom estar perto da família, contando com o apoio e carinho deles
pra seguir qual seja minha direção.
Mas meu caminho não é aqui e eu sinto isso.
Na verdade, eu não sinto nada direito....não sei o que quero pra mim, e nem o que será melhor.
Afinal é minha vida que está em jogo, e eu tenho que decidir por onde ela seguirá.
Dae paro e me pergunto: Onde eu serei mais feliz??
Largar tudo que consegui até hoje e voltar atrás?
Começar do zero novamente? Fazer novos amigos, conhecer pessoas, procurar emprego...
A vida gira nesse ciclo, é eu sei.
Bom a verdade é que me encontro de braços cruzados diante de minha vida, sem saber pra onde correr, parada, sem atitude, sem querer.
Até eu estou me estranhando....
engraçado como as pessoas me acham tão forte, tão corajosa..
Apenas por eu ter saído da barra da saia de minha mãe, e ter ido atrás dos meus sonhos...
Mas isso era o que todos deveriam fazer, e não fazem.
Confesso que não consegui nem metade deles, mas no caminho dos sonhos mais altos, sempre tem os pequenos, que conforme nossa situação, colocamos como prioridades.
E esses sim, eu posso dizer que consegui!!
Sonhos que pra alguns não passam de grandes bobeiras....
Como a primeira vez que vi o mar...
O dia em que conheci meu ídolo.
A cirurgia que eu tanto sonhava.
Lugares que nunca pensei que iria conhecer
Vistas que ficaram gravadas em minha memória pra sempre!
Verdadeiro paraíso...
Os meus sorrisos sinceros, as lágrimas que derramei por grande motivos, e muitas vezes até pela falta deles.
Os amores que vivi, os que eu perdi, que eu sofri....
A experiencia que adquiri com meus trabalhos.
Os kilos a mais que ganhei, sem culpa, por não passar vontade de nada.
A comida japonesa que odiei.
A mexicana que adorei
e o outback que me apaixonei.
Minhas saídas de quarta a domingo
O pagode que eu detestava e aprendi a gostar
O eletronico que aprendi a suportar
E o sertanejo, que quem diria, hoje faz mais parte da minha vida do que nunca.
Minhas amigas de verdade!
As que dormiam comigo quando eu sentia medo....Juliana, Carol, Day e Aline.
Juliana, é a amiga que mais me amou até hoje. E mesmo eu com esse meu jeito frio de tratar as pessoas, não desistiu, e de tanto persistir conseguiu um lugar mais que especial no meu coração.
Carol, vive me pedindo conselhos, e sempre faz tudo ao contrario rs, desconta sua alegria e sua raiva em textos imensos, esses que eu sempre dou minha opinião positiva ou negativa. Nunca brigamos, acho até que ela teve paciência demais comigo, afinal ser sincera demais, machuca as pessoas as vezes.
Day, minha primeira amiga que tive quando cheguei em SP, a que me levou na primeira balada, a que acompanhou o começo e o fim de um namoro. Que me acolhia nas noites que eu tinha medo.
Além de ser minha prima, foi e ainda é uma amigona.
Aline, Essa loira com cara de metida, mas que quando abre a boca conquista a todos.
Ela é a senhora sabichona, rs a campeã em me dar puxões de orelha, esses em que muitas vezes me ajudaram, e me animaram quando me sentia no fundo do poço.
Tem uma força interior imensa, mas a dias em que se sente a mais fraca das mulheres.
Me manda emails imensos, tentando me mostrar o óbvio, e outros onde só me pergunta: Você ta ae??
É.... amigos é a família que você escolhe pra você, é quem você escolhe pra viver.
E essas graças a Deus me acompanharam nas melhores e piores horas que tive.
Agora como acham que eu me sinto, com essas coisinhas que fazem parte da minha vida, me ligando...mandando msg..recados..emails pedindo pra eu voltar????????
eu me sinto TRISTE!! =(
Nunca pensei que fosse tão difícil assim.
Mas eu sei, e sinto que Deus está me preparando o melhor, e esse é apenas um tempo que ele esta me dando, enquanto me prepara para seguir meu caminho.
Uma certeza eu tenho, a de que não vim nesse mundo por um acaso, e se eu morresse hoje, eu partiria com a certeza de que fiz tudo que quis fazer, e matei todas as minhas vontades.
Tentei dar o meu melhor a quem um dia passou pelo meu caminho.
E vivi cada momento da melhor forma possivel!
Isso ta me parecendo uma carta de despedida, e é!
Despedida de um ciclo que vivi, que passei, e que talvez continue, ou não.
Mas hoje acordei com a vontade de colocar tudo isso pra fora. E dizer a todos voces. SIM EU FUI FELIZ!!
E espero continuar sendo, onde quer que seja.
A quem está lendo isso, e faz parte de minha vida, saiba de uma coisa, eu AMO VOCE.
A quem é um mero coadjuvante, e leu até aqui, o meu muito OBRIGADA.
E enquanto nada se resolve, eu continuo aqui, assistindo esses programas futeis de tv, e alguns filmes que nada vao me acrescentar.
Falou agora, a senhora conteúdo! Rs
Um beijo.

Lary Lacerda

quinta-feira, 2 de julho de 2009

Pensamentos.


Fui tentar escrever algo sobre você.
Mas preferi deixar no ar, assim como vive fazendo.
Me dando respostas subentendidas
Dizendo coisas q eu possa ver com um duplo sentido.
E me deixando sempre na duvida do que REALMENTE quer dizer.

Aliás, andei tendo sonhos em que você estava presente.
E acordava com uma imensa vontade de te ver.

E as vezes fico olhando pro seu nome, e tentando puxar um assunto,
te contar alguma coisa, te pedir uma opinião.
Até que decido que não, que é melhor ficar quieta.
E então vc vem e me fala alguma coisa, qualquer coisa.
E eu ja logo abro um sorriso, e lembro daquela tal transmissão de pensamentos
que costumam dizer que existe.

É.. eu ando tendo pensamentos.
Eu ando tentando traduzir palavras.... frases...

Mas ainda continuo tentando.

Lari

quarta-feira, 1 de julho de 2009

A Felicidade tem tempo de duração*


Por coincidência essa semana comecei a escrever um texto, relatando a monotonia da felicidade.
Quando vc esta se sentindo bem com vc mesma.
Não deve nada, nem satisfação pra ninguém.
Está rodeada de "amigos."
Bem empregada.
Família com saúde.
Coração em paz...

Vários fatores que nos levam a nos sentirmos BEM, em PAZ, ou seja.. FELIZ!
Sim, ultimamente eu ando MUITO FELIZ!

Mas até que surge um novo obstáculo, uma nova barreira...
Dae bate o desespero, a duvida.
As opçoes....
o que fazer???
Desistir dos objetivos que esta em busca, e voltar as origens??
Persistir atrás de algo que não sei onde chega ao fim.
Parar de dar murro em ponta de faca, e ouvir os conselhos dos mais velhos?
E quando os mais velhos não sabem o que é melhor pra vc?
E quando vc se da conta, de que quem toma as rédias do que é melhor ou nao pra sua vida, não é nada mais, nada menos que VOCE MESMO.
Que vc precisa se decidir.
Vc precisa buscar uma resposta.
Vc precisa chegar a conclusão do que o fará MAIS FELIZ!

O que fazer??? o que fazer quando VOCE não tem as respostas da sua própria vida???
REZAR??
Sim....eu rezo todas as noites, e a unica certeza que eu tenho, é que DEUS nunca me deixa na mão... ele ja me provou isso varias vezes!!
E de todas elas, ele fechou uma janela, e abriu uma porta.
Acho que porisso não estou tão triste.
Pois ele ja tem o nosso caminho traçado, e nenhuma folha cai de uma arvore se ele nao quiser.

Portanto, pras coisas se encaixarem melhor na minha cabeça, resolvi fazer algo.
Algo que ainda nao vou dizer o que é... mas se der certo eu conto! rs

E disso tudo eu tiro uma lição, que serve pra todos nós:

Vamos usufruir dos nossos momentos felizes, o MAXIMO que pudermos, pois eles tem tempo de duração.
E quando uma coisa se encaixa de uma lado, ela quebra de outro.
portanto, SEJAMOS FELIZ AGORA!

Lari Lacerda. ( Veja, Beije, Pense, Sinta... Use os verbos que desejar)

terça-feira, 30 de junho de 2009

Ele não está TÃO afim de você.


Ontem, passei em uma banca daquelas de rua, e comprei 10 filmes! ( Sei que nao é bonito isso, mas enfim)
Cheguei em casa e fui pro meu quarto usufruir da minha tv novinha, que me rendeu 2 dias de dor no corpo por te-la carregado junto com uma amiga por alguns quarteirões rs. O apressado come cru não é mesmo?
Prosseguindo...
Dos filmes, escolhi um do titulo bem sugestivo: " ELE NÃO ESTÁ TÃO AFIM DE VOCE"
Era a história de várias mulheres....
Uma que se interessou por um cara casado,( o que acontece muito...) e acabaram se envolvendo.
A outra que só conhecia caras pela Internet
Uma que largou do marido pq ele nao queria se casar na igreja.
E a outra que se parecia com muitas de nós, e ficava esperando que nem uma pateta uma ligação no dia seguinte depois de um encontro.
Até que conheceu um cara que abriu os olhos dela quanto a isso, se o cara não liga é pq ELE NÃO TA AFIM!!
E isso a gente ta careca de saber.
Mas insistimos em pensar alguma desculpa pra sanar o nosso ego.
Como a de que ele pode ter perdido o nosso numero, ou estava ocupado demais pra ligar, ou não recebeu a nossa msg....
E o engraçado é que isso acontece com TODAS nós. Sendo bonita, feia, gorda ou magra...
Tenho uma amiga, que a acho LINDA, o corpo, rosto..cabelo..tudo!!
E não entendo porque alguns caras a ignoram, não ligam, não vão atrás... e nem dão sinal de vida.
E nem venha me dizer que é pq talvez ela nao tenha nada na cabeça.. ou nao seja legal e afins! Ela é muito interessante sim!
Enquanto outros se rastejariam pra ter 5 minutos com ela.
o que será que passa na cabeça deles?
Não é pq teremos um segundo encontro, que já vamos querer namorar, até pq como disse no ultimo post, eu por exemplo desencano logo! rs
Mas essa coisa de ligação eu nem espero mais, quer ligar liga, não quer... foda-se!

Uma vez me disseram que sou orgulhosa, por nao ligar, nem ir atras, mesmo que esteja morrendo de vontade ou de saudade de ver alguem.
Acho que é uma coisa recíproca. Se eu me interesso, eu sei demonstrar isso, ou seja nao preciso ficar indo atras de ninguem.
Se o homem ta interessado, ele tmb vem atrás.
Uma coisa é fato, se o cara quer, ele vem atrás sim!! Vai até o fim do mundo se precisar.
Homem que nao faz isso, é pq se acha o rei da cocada preta. E esses é melhor se manter bem longe.

Resumindo, o filme é bem interessante, vale a pena assisti-lo. Os homens não sei se irão gostar.
Mas para as mulheres é bom, pois é um reforço pra gente ver se a ficha cai mais rápido! rs.

quinta-feira, 25 de junho de 2009

O que não me apetece.


Hoje vindo pro trabalho, fiquei pensando nas inúmeras coisas que acontecem em minha vida, e uma delas foram os últimos relacionamentos que tive ( é no plural, mas não são muitos rs ) .
É incrível a facilidade que eu tenho tanto pra me apegar, como pra "desencantar" de alguém.
Quando eu conheço o cara, já o imagino como meu marido, pai dos meus filhos, ele chegando em casa depois do trabalho, a gente indo viajar no final de semana... viajo na maionese literalmente! rs
Mas dae ele vem e me convida pra ir jantar, ou um barzinho, ou pra fazer o que for.
E na hora de pagar a conta, me ofereço pra pagar a metade, e ele aceita, pra mim É O FIM!!
Sei que não tem nada demais, que o mundo agora é moderno e bla bla bla.
Eu nunca me importei de dividir conta de nada! Já cansei de pagar coisas pros meus 2 ex namorados, mas eram NAMORADOS, é diferente.
Agora voce ta saindo pra conhecer uma pessoa, e ele aceita que vc coloque a mão no bolso??? Ah não.. nesse ponto eu parei la em 1900 e bolinha mesmo, acho uma falta de cavalheirismo tremenda!
Ae eu já perco 50% do encanto.. rs já não o vejo mais como meu marido, e nem fico imaginando as viagens de final de semana!
Um dia comentei sobre o que achava disso com um amigo, e ele achou um absurdo eu pensar assim. Absurdo??? Começamos a discutir...
Mas ele é do tipo de cara que nao deixa a menina pagar nada! não entendi o porque ele achou tao estranho eu pensar assim.Mas enfim...

Outra coisa que ja faz eu perder a graça é a risada.... sei lá.. homem tem que ser homem.. não tem que ter risada escandalosa.
Um dia saindo com um paquera ( que nem tinha rolado nada ) levei uma amiga, e a caminho do barzinho que estavamos indo, ele soltou uma risada, que me deu vontade descer do carro na hora.
E como ela ja me conhecia, quando estavamos a sós ela ja logo disse: " Lary, quando ele deu aquela risada, eu ja vi a cara que voce fez! rs "
E advinha?? Na hora de pagar a conta, ele deixou eu pagar....
Esse também ja era!!

Outra coisa, é ficar se gabando, como eu ODEIO homem que se acha....
É porisso que quando saio com minhas amigas, e tem aqueles caras lindos, bombados, com camiseta colada, cabelinho arrepiado... eu já deixo passar batido!
Não olho mesmo, e nem do moral...
Me lembrei de um carinha, que conheci na net, era todo bonitinho... foi no meu orkut e comentou em um monte de fotos minhas... Eu nem disse nada.
Dae por coencidencia, um dia fomos pra um sitio que ele tambem estava! Ae chegou em mim e disse, você não é a Lary ?? dae confirmei... ae ele me disse, ah eu sou fulano... comentei nas suas fotos e voce nem deu moral...( Não dei mesmo, logo pensei, meu o cara é mó gato, deve ta cheia de meninas no pé, alem de se achar, deve ter mega concorrencia, e uma coisa pra qual que nao sirvo, é disputa de homem!rs ) Ae quem sai como a metida da história, acaba sendo eu.
Mas prefiro assim.

Homem sem perfume também não dá! Tem coisa melhor do que aquele cara cheiroso, que só de voce passar perto dele, já da vontade de grudar no pescoço e não largar mais?? É muito bom....
Mas também teve um caso, de que eu nao gostava do perfume que o cara usava. E olha que eu sabia que era importado! Mas não tive coragem de dizer =S
Enfim.. esse tmb passou logo!

Agora pra me ganhar, é fácil! rs ( aposto que deve estar pensando, nossa que mina chata! depois de tanto tititi, vem dizer que é fácil?? ) mas eu juro que é!!

Os dois namorados que tive foram casos meio diferentes
Mas ambos, eram cavalheiros, cheirosos... não deixavam eu pagar a conta ( pelo menos no começo rs) faziam minhas vontades... Sim, eu sou mega mimada, carente, e tudo isso junto.. rs, mas mesmo que a mulher não seja, eu não conheço NENHUMA que nao goste de ser paparicada. Todas somos iguais nesse ponto.

E teve alguns caras depois deles, que tinham tudo pra fazer com que eu me apaixonasse.

É tão bom depois de um jantar, logo que ele te deixa em casa, te manda um torpedo dizendo que ja esta com saudades.
Ou quando te liga no meio da noite, apenas pra dizer que está sentindo sua falta...ou que ouviu certa musica e se lembrou de você.
Fica te enchendo de mimos, puxando conversa por email,msn... e fazendo de tudo pra estar ao seu lado.
Ah....tempos que nao conheco um assim =(

Mas tem uns tambem que não tem simancol! Ele vive te chamando pra sair, vc vive dizendo que não... e ele ainda insiste!!
Uma coisa eu digo... se eu to afim, eu deixo de fazer o que for, pra ver a pessoa...
Mas se eu ja digo não...desencana!!

Tudo bem que as vezes dizemos NÃO pra fazer um charminho, rs, mas isso é reciproco, a gente sabe quando o cara ta afim da gente, assim como ele tambem sabem quando nós estamos. Ou não sabem?

Agora uma coisa que homem adora fazer, mas faz com que eu desencane rapidinho, é o cara sumir!
eu sofro por dois dias esperando uma ligação, ou uma msg e nada!
No terceiro dia eu ja to bem.
O engraçado é que eu entro em uma tristeza profunda! Achando que ninguem me ama, que eu sou a mais feia do mundo, que eu tenho algum problema... Fico pensando no que posso ter feito de errado ou coisa assim.
Mas dae quando cai a ficha, ja era.
e o engraçado que isso é uma Lei de Murphy.
Os caras tomam chá de sumisso, vc sofre por uns dias, algumas ficam atras ( eu sou bem dura nesse ponto, sofro calada ) e quando voce ta totalmente desencanada, o cara APARECE.
Minha linda, meu amor, meu bem.... Ahh vá se ferrar!!
Você ja teve sua chance meu querido.

É.. relacionamento HOMEM X MULHER não é nada fácil, ou é, sei lá....
to começando a achar que a complicada na historia sou eu. Rs.

Lari.

terça-feira, 23 de junho de 2009

Vontade...


É proibido sentir??
Olhar, pensar, imaginar....
E se a vontade for proibida? O que seria proibido pra voce, talvez não seja pra mim.
Queremos o que não podemos ter.
O meu problema é esse... não aprendi a ouvir não, não me contento em não ter o que quero.
Mas o que pode acontecer se eu conseguir?
O que virá depois? Não sei...
por essas e outras que eu ainda prefiro apenas ficar imaginando, sem me arriscar.
Aliás, eu até me arriscaria, nunca hesitei diante de uma vontade.
Mas existem poréns.
E esse é um deles.
Porém, ele não me impede que eu sinta, sinta vontade, sinta desejo, sinta o que for....
pois eu SINTO! E sinto que você também SENTE!

E isso torna-se um SENTIMENTO, de alguma coisa que não tem nome, mas sabemos que existe.

Lari Lacerda.


Ps: To aprendendo a "Twittar" rs depois de me dizerem que eu estava desatualizada, a ficha caiu!
http://twitter.com/larilacerda

Kiss. * Cheio de Alegria*

segunda-feira, 22 de junho de 2009

Colorindo Flores...


Um lugar, uma lareira, vinho quente, cerveja gelada, pessoas novas, sabores diferentes.
O que é melhor do que saborear a vida?
E não se sentir triste por estar dormindo em uma cama sozinha com 3 cobertores, e um moleton quentinho, na tentativa de substituir um abraço, em um lugar onde tudo lembra o amor.
Amanhecer o dia dando risadas, e cantando sua musica favorita, enquanto o sol começa a apontar na janela, e aquece os graus negativos que faziam.
Ir a um lugar paradisiaco, que você gostaria de ficar olhando por horas e horas.
Conhecer uma balada bem legal, e dançar com suas amigas até cansar!
Ir a um parque e se sentar na grama, ouvindo o canto dos passaros, o barulho das aguas do lago, enquanto fazemos um picnic embaixo de uma arvore.
Comprar presentes, tomar chocolate quente, descobrir lugares escondidos....
É.... estou renovada!
A vida me parece tão doce em certos momentos.
E tão amarga em outros.
Me sinto leve, eu precisava dessa sensação.
Lari Lacerda

sexta-feira, 19 de junho de 2009

É de pele....


De olhar, de coração....
é de quando eu tinha que voltar as 22 horas pra casa, e ficavamos sentados na arvore que tinha na esquina, enquanto o tempo voava..
E você vinha passando pela minha rua, e eu largava tudo que estava fazendo pra te ver por um segundo.
As nossas bicicletas, voce com a camiseta do Kiss, e eu com um all star emprestado.
A minha primeira camiseta de rock... Guns.
Nossa primeira noite juntos, o dia em que me deixou te esperando.
As primeiras tatuagens. Viagens, shows....
Audio Slave, Rappa....
Seu quarto novo, os posters.
E o tempo passando, um, dois, tres, quatro anos juntos.
Até que eu resolvi deixar o meu coração um pouco de lado e seguir minha razão.
Razão essa que estou seguindo até hoje, 3 anos depois.
E o tempo passa, e eu não te esqueço, e meu coração pede cada vez mais socorro, mais carinho.... pede cada vez mais voce!

terça-feira, 16 de junho de 2009


Da janela do prédio, olho e vejo um fim de tarde cinza... com as luzes da cidade começando a acender.
Olhos os prédios em volta, e tento ver algo de interessante que venha de dentro de algum apartamento.
O que poderia ser?
Um casal em brigas, ou fazendo amor, ou comendo... ou sei la... o que poderia ser interessante?

Talvez um cara chegando em casa, com um buquê de flores que comprou no farol, por ter se lembrado do aniversário de namoro, casamento, primeiro beijo...
e assim que abre a porta ve sua mulher aos beijos com um outro cara.
Quem estaria errado nessa historia?
A mulher? Porque a mulher?

Enfim... eu to vazia hoje... vazia de pensamentos, de sentimentos...
comecei apenas a escrever pra ver se o tempo passa e devido a tarefas, ele passou mais rápido do que eu queria.
A foto não tem nada haver com o texto. Mas também o texto não tem nada haver com nada.

Logo, nada haver!

Lary Lacerda

segunda-feira, 15 de junho de 2009


Busco um lugar, onde eu possa escrever sem medo e sem receio o que se passa em minha mente.

Como ontem, quando entrei em seu apartamento e você me disse: Olha quantas luzes... nunca tive tantas em minha vida!
Mas o por do sol, que entrava em sua janela, apagava o brilho de qualquer luz acesa que tivesse.
Você deitou em sua cama, e me pediu um carinho, esse que só me lembro como terminou.
E quando olhava em seus olhos, em meio aos seus cabelos caídos, sentia um arrepio. Diferente daquele que suas mãos me causavam.
Tentava me tocar enquanto eu dizia não, mas por dentro você sabia que eu queria SIM. Adoro fazer cu doce, não é isso que vocês dizem?
Depois de tanto resistir, me entreguei.
Aquele truque de usar uma calcinha velha, pra não ter coragem de fazer nada, infelizmente não funcionou.
Pouco me importava a calcinha que eu estava. Pouco me importava o que viria depois. Pouco me importava o que voce iria pensar.
Quanto tempo tinhamos? Não muito.... mas o suficiente, pra matar o meu desejo, minha curiosidade, minha VONTADE!
E com você me mandando repetir coisas ao seu ouvido, segurando forte meu corpo, enquanto me beijava toda... ficou difícil bancar a santinha, aliás, eu odeio safada que se faz de santa! Será que dou dessas?
Não! não mesmo....
E de uma tarde fria, e sem graça de um domingo, voce me apareceu. E como a mémoria costuma apagar coisas boas que vivemos, resolvi traduzir em palavras.
Palavras essas que não se apagarão com o tempo.